quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Minha mãe




Minha mãe


Onde aprendeste a apagar as lágrimas?
A suportar a dor em segredo?
A ocultar no coração a queixa
o sofrimento, o pranto, o tormento…
Ouve o vento
Agudo
brama na garganta, nas montanhas
Observa o mar…
impetuoso golpeia a dureza das rochas

Toda a natureza se agita, treme.
De onde vem o silêncio do teu coração?
Onde encontraste essa força?

Hannah Szenes

Traduzido do Espanhol por: Florbela Ribeiro

Sem comentários:

Enviar um comentário