sexta-feira, 17 de julho de 2009

Partidas...



Partidas…

Enquanto o sol se
despedia da areia,
sua grande amiga,
e abandonava
à beira-mar
as traquinices
daquela que fora
uma tarde de brincadeira
o vento aproximou-se.
Chegou determinado
a sacudir de forma
discreta e suavemente
o meu manto de memórias
bordado com fios de prata
que eu distraidamente
lavei com a brisa fresca
perfumada pela maresia.

Florbela Ribeiro A. S.

Sem comentários:

Enviar um comentário