sexta-feira, 19 de junho de 2009

Eis-me aqui Senhor!


Eis-me aqui Senhor

Escutei a voz suave do Pai Amado
E prontamente respondi:
Eis-me aqui Senhor, pronta a obedecer
E a cumprir o Teu querer.
Toma-me em Tuas mãos
Usa-me, gasta-me e desgasta-me
Com submissão de alma e coração
Na Tua obra, e ao Teu serviço.
Oh, Pai… como é bom seguir-Te e obedecer-Te
O meu coração regozija-se
E consome-se de amor por Ti.
O timbre suave e doce da Tua voz
Sussurra diariamente á minha mente,
Dizendo-me que é urgente resgatar
Do lamaçal de pranto e de horror
As almas que gemem continuamente.
Estão cansadas, aflitas e abatidas
Pobres, vidas, estas, que vivem sem esperança.
Oh Pai Amado, e tudo porque não sabem
Que Tu és a nascente da Vida
Tudo porque desconhecem
Que Tu és a Fonte do Amor
Que Tu és o único capaz de saciar as almas.
E o único capaz de fazer correr
Do mais íntimo do nosso ser
Um afluente de Água Viva…
Oh Pai Amado, usa-me com graça,
Com sabedoria e ousadia
Para que eu possa mostrar-lhes
A Tua grandeza
O Teu poder
E as Tuas, maravilhas
Usa-me e ajuda-me a derramar
Do Teu unguento sobre as suas vidas
Para que seja curada a sua cegueira
E cesse de vez o ruído
Dos seus gemidos e lamentos
Oh Paizinho querido, como é grande
A Tua bondade e misericórdia
O Teu amor é imenso e constrange tanto a minha alma…
Pai Amado faz brotar de mim
A cada novo amanhecer o desejo ardente
De trabalhar mais e mais para Ti
Eu quero servir-Te hoje,
Servir-Te amanhã… e perpetuamente
Eu quero ser-Te submissa hoje,
Submissa amanhã… e eternamente
Eis-me aqui Pai Amado
Pronta para partir e pronta para cumprir
Fielmente a Tua chamada.
Eu sei que o tempo urge
E é necessário levar todos
Ao conhecimento da Tua Palavra
Porque a Tua Palavra é Vida
Para os que estão mortos
Em delitos e pecados
E é Luz para os que vivem
Em trevas mergulhados
Mas Pai…
A missão para a qual me elegeste
Não é fácil de realizar
Surgirão no meu caminho novas batalhas
Enfrentarei a dureza de novas provas
Sofrerei novas angústias e dores
Que farão derramar dos meus olhos…
Novas e abundantes lágrimas
Mas eu sei, que o meu Paizinho Amado
Nunca me deixará só
Ainda que no meu céu não se vejam estrelas
Nem o sol desponte ao raiar do dia
Nem se ouça o cantar da cotovia
Porque a voz suave e doce que me instiga ao serviço
É a mesma que me consola, que me anima e me diz:
- Esforça-te, e tem bom ânimo…
A Tua voz alerta-me a ser prudente em todo o tempo,
A não me desviar da Tua Palavra
E a meditar na Tua Lei dia-a-dia
E noite após noite
E eu sei que se assim fizer
O meu Senhor fará prosperar o meu caminho
E será comigo por onde quer que eu andar.

Florbela Ribeiro A. S.

1 comentário:

  1. "Sensacional! sem palavras."
    Flor este pra mim é um dos melhores!
    É claro que devo ressaltar, que para aqueles que são evangélicos e conhecem a Deus, fica bem claro que é mais do que uma poesia, e sim uma fervorosa oração. Com uma imensa fé e amor no coração,com todos os quesitos agregados para tal. Como adorador de Deus e buscador das coisas que a ele levam, posso simplesmente definir este texto não somente pelo o que li, mas, muito mais pelo que senti, como: SALMO de Nº 151

    'O SENHOR te abençoe e te guarde;
    O SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti;
    O SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.'

    ResponderEliminar