quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Meu coração soluça


Meu coração soluça, não bate

É um solitário caminhante

Que em compassos de dor

Procura no amor a inocência

Enxuga seu pranto

Num lenço molhado.

Viajante sofrido

Num trajecto falhado

Por alguém traçado

Com sonhos perdidos segue

Sorrindo, levando no peito

O coração magoado


Florbela Ribeiro A. S.

Sem comentários:

Enviar um comentário